Marcadores

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Proposta de redação sobre o envelhecimento no século XXI

(fonte da imagem: http://blogdachristinapedra.blogspot.com.br/2012/11/envelhecendo-no-seculo-21.html)


Que tal praticar um pouco por meio da discussão de um tema importantíssimo para a nossa sociedade?


Com base na leitura dos textos motivadores a seguir e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema ENVELHECIMENTO NO SÉCULO XXI: CELEBRAÇÃO E DESAFIO, apresentando proposta de intervenção social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

As três primeiras redações postadas nos comentários serão corrigidas gratuitamente.

Textos motivadores



17 comentários:

  1. Parabéns pela escolha dos textos motivadores, já ganhei o dia apenas em lê-los. Fica até difícil dissertar sem cair nos textos de apoio. Tema muito bom, de cunho social e futurista, afinal todos nós faremos parte dele, rs, abrzzz

    ResponderExcluir
  2. Cautelosidade

    As pesquisas indicam que com o passar das décadas e séculos a população idosa tende a aumentar, o que se relaciona com uma série de fatores positivos mas que ao mesmo tempo traz importantes preocupações à economia mundial.
    Uma maior quantidade de idosos significa que as condições básicas de vida, como boa alimentação, acesso aos médicos e saneamento básico, estão com melhor qualidade e abrangência populacional, sendo uma grande e almejada conquista. Se a maioria continuar com a vida ativa, trabalhando, estudando, não trará tantas preocupações aos governos.
    O que causa um alerta são os idosos que ao se aposentarem largam o emprego e optam por estabelecer uma vida mais parada e isolada, que pode acarretar complicações na sua saúde e a maior necessidade de ajudas governamentais para o tratamento. Caso o número de pessoas não ativas for aumentando, as autoridades terão que estudar medidas rápidas para conseguirem oferecer recursos à essas pessoas.
    Por enquanto ainda temos uma população jovem economicamente ativa equilibrada, portanto só devemos continuar a análise do crescimento e realizando ajustes para que o aumento do envelhecimento não cause um caos econômico mundial. Reforçar os incentivos à continuidade nos estudos e trabalho são medidas essenciais para prosperar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - Estude os usos da vírgula. No primeiro parágrafo, por exemplo, ela é necessária antes de "mas";
      - Tenha mais atenção no uso adequado das conjugações verbais. No segundo período do terceiro parágrafo, você deveria ter escrito "aumente" (de preferência) ou "vá aumentando";
      - Você precisa fazer uma proposta de intervenção mais específica. O ENEM cobra do seu candidato a capacidade de elaborar uma proposta de intervenção consistente, o que é impossível de se fazer em uma linha. Portanto, dê mais prioridade para a proposta de intervenção na sua conclusão. Também sugiro que você leia a minha postagem sobre como se fazer uma proposta de intervenção, que está na seção sobre o ENEM.

      Nota final: 520

      Nota final

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando Fidelix, apaga essa redação, por favor. Obrigado.

      Excluir
  4. O envelhecimento no mundo contemporâneo.

    É incontestável que a evolução do mundo traz consigo inúmeras transformações em nossa sociedade, uma destas transformações pode ser vista na maneira como nós, seres humanos, estamos envelhecendo.

    Antigamente, a durabilidade de vida das pessoas era bem menor que a dos dias atuais e também o estilo de vida era bem diferente. Uma pessoa de idade entre 50 e 60 anos, por exemplo, já era uma pessoa considerada idosa, tanto pela sociedade, como por ela mesma. Isso pode ser notado pelo fato desta pessoa ficar mais acomodada no sentido de continuar a seguir seus sonhos, a permanecer com a mesma sagacidade e desenvoltura. Ficavam com o pensamento de que já fizeram de tudo e o que lhes restava era apenas ter uma velhice sossegada e com a visita de filhos, netos e afins.

    Hoje em dia, porém, podemos ver que este quadro já é bem diferente. Pessoas na terceira idade estão cada vez mais ágeis, estão sempre buscando mais pelo aprimoramento intelectual, mais inseridas nas mudanças sofridas pela sociedade e enxergando as coisas com uma mente mais aberta e não tendo a mesma mente aterrorizada que uma pessoa da idade delas,teria, em décadas passadas, ao ver certas coisas que sempre existiram, como o relacionamento de pessoas do mesmo sexo, mulheres engajadas fortemente no mercado de trabalho, entre outras inúmeras coisas.

    Isso tudo tem um envolvimento fundamental da ciência, pois através desta, nós acabamos quebrando muitos tabus, temos também uma visão mais clara até mesmo de doenças, que, no passado, eram consideradas incuráveis. Hoje há também exames preventivos, cuidados com a alimentação inexistente entre as pessoas, não por ignorância, mas sim, pelo fato das coisas terem sido mais difíceis, por exemplo, visitas periódicas aos médicos.

    Em síntese, a velhice não deve ser vista como um desafio, mas deve ser vista como uma batalha vencida. E o que nos resta fazer é apenas mantermos o cuidado de darmos aos idosos uma vida de sossego espiritual, ao mesmo tempo em que continuamos a incentivá-los a buscarem aprimoramento cognitivo e aos cuidados com suas saúde, até porque, pessoas de diferentes faixas etárias juntas podem fazer um belo trabalho por um mundo melhor. Uma relação de simbiose. Os jovens contribuindo com sua habilidade de lidar com mais facilidade em aparelhos tecnológicos e, quanto aos mais velhos, sendo valorizados por contribuir com a sabedoria adquirida pela experiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - Você só deve colocar um ponto final no seu título se este for uma frase que possua um verbo. Em frases nominais, como a do seu título, a pontuação é desnecessária;
      - No quarto parágrafo, você deveria ter especificado entre quais pessoas. Acredito que você quis se referir às pessoas do passado;
      - Você escreveu um bom texto, mas precisa ficar atento a duas coisas: a extensão do texto e a proposta de intervenção. Acredito que dificilmente o que você escreveu aqui caberia nas 30 linhas da folha de redação do ENEM. Portanto, tente ser mais objetivo. Sobre a proposta de intervenção, você deveria ter especificado como eles vão obter o aprimoramento cognitivo. Por fim, quero parabenizá-lo pela sua melhora nos últimos tempos.

      Nota final: 840

      Excluir
    2. Agora nunca mais esquecerei .Não usarei ponto final em um título que não tenha verbo. Seguirei as dicas. Obrigado.

      Excluir
  5. Adriano, tu colocou ponto final no título... Chorei logo no começo :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela maneira de escrever, me parece familiar...
      Quem é tu?

      Excluir
  6. Novos idosos,Velhos desafios

    A condição do idoso no século XXI trouxe consigo muitas vertentes que devem ser discutidas.A diminuição na taxa de natalidade no país em consonância com a um aumento expressivo de idosos,tornou-se um novo desafio para o Estado e a sociedade civil. Fragilizados,abandonados e com uma saude desestabilizada, o idoso na atualidade vÊm buscando formas de garantir a tão sonhada"acessibilidade",promovida,em partes, apenas no papel.
    Em primeiro plano,deve-se observar que, com a precária qualidade de assistência pública pelo sistema de saude, de transporte, de educação e cultura as expectativas de um futuro de aproveitamento foram aniquiladas.O desrespeito ao idoso pôs em xeque seus direitos garantidos por lei observando que a sua condição enquanto participante de uma sociedade democrática vem perdendo-se com o passar das épocas.
    Outrossim a ser observado é a questão do abandono da "velha guarda"nem asilos e casas de retiro.Vitimizados aos abusos psiquico,econômico e social esses individuos ocupam-se a esses espaços como um meio de sobreviver ao caos de uma sociedade altamente preconceituosa,além de poder aproveitarem o resto de vida que lhe restam.
    Fica claro,portanto, que a estabilidade do cidadão idoso está sendo desrespeitada tendo em vista os fatos refutados como o desrespeito e abandono.Em virtude, é preciso buscar soluções a médio prazo para intervir nesse problema como a legitimação de direitos aos idosos, uma vez que, asseguraria o seu tempo de vida e as suas formas de inserir no convívio social , afirmando o seu valor para a sociedade.Ademais, cabem as famílias conceituarem de uma filosofia de que a vida passa rápido, e que o amor, a fraternidade e o carinho com o próximo devem prevalecer.Um país sem livros é um país sem memórias, e uma país que não cuida de seus idosos,dá as costas para a sua própria história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - Estude os usos da vírgula. Ela é, por exemplo desnecessária antes "tornou-se";
      - No primeiro parágrafo você deveria ter escrito "vem", já que o sujeito desse verbo está na terceira pessoa do singular. Caso o sujeito estivesse na terceira pessoa do plural, o acento estaria empregado da maneira adequada;
      - Você precisa articular melhor as suas ideias. No primeiro período do terceiro parágrafo, por exemplo, a estruturação sintática não está adequada, o que prejudica a compreensão do parágrafo;
      - A sua proposta de intervenção precisa ser mais específica. Como as famílias devem agir especificamente? De que forma elas devem ser mais carinhosas? Quanto mais específico você for, maior será a sua nota.

      nota final: 500

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. - É notório que o desafifo o desafio do envelhecimento da população no seculo xxI , vem trazendo inúmeras transformações na atualidade. Dentre tantos fatores destacam-se o grande aumento de idosos como elemento marcante.
    - Sabe-se que o estilo de vida das pessoas era bem diferente que a dos dia de hoje , as pessoas estão vivendo muito mais, e os idosos não estão ficando acomodados ou até mesmo isolados em suas residências. E sim mesmo aposentados eles trabalhão por conta própria para não poder fica parados.
    - Além disso sabemos que os jovens de hoje e a pessoa envelhecida daqui a 20,30 anos, por isso os mais novos devem ter habito saudáveis para que no futuro não venha a ter problemas de saúde.
    - Portanto podemos concluir que devido o grande aumento de idosos devem ser implantadas novas areas para o atendimento a saúde e aposentadoria. É poder dar aos nossos idosos uma vida tranquila e mantê-los sempre o cuidado com a saúde.

    ResponderExcluir
  10. Integração geracional leva a menos ociosidade

    No que se refere ao envelhecimento da população brasileira no século XXI, é possível afirmar que o desenvolvimento sócio-científico e fator determinante nestas conquistas. Isso se evidencia não só pelo aumento da expectativa de vida tanto em países desenvolvidos e em desenvolvimento, mas também pela maior inserção destes no mercado de trabalho.

    Segundo Aristóteles, o homem é um ser social. Assim, evidencia-se a importância das diferentes gerações para a construção e desenvolvimento de uma sociedade, principalmente, em países emergentes. Tal fato comprova as conquistas do envelhecimento da população. Entretanto, muitos fatores devem ser melhorados, sobretudo no que tange à garantia dos direitos dos idosos, a inserção destes no mercado de trabalho, de forma a evitar problemas de renda, e a dependência exclusiva da Previdência. Desta forma, é possível transformar a sociedade que envelhece como autora do progresso. Essas relações geracionais trazem vários ganhos, pois as experiências de vida aliada à maior capacidade de domínio da tecnologia os tornam em mola de propulsão do desenvolvimento.

    Além disso, preocupação gerada em muitos seniores é a incapacidade de serem ativos na sociedade produtiva. É necessário que o Brasil prossiga em alcançar o maior número de pessoas assistidas por políticas públicas que promovam a capacitação profissional, com grandes investimentos nas classes jovens e idosas, visto que tendo boa fundamentação técnica - cientifica, as futuras gerações terão menos dificuldade em se manterem ativas. Haja vista a Universidade da 3ª Idade, que além de re-introduzir estes no mercado de trabalho, mostra o quão necessário são para a criação e manutenção de uma sociedade dinâmica.

    Desse modo, é importante que o governo amplie os investimentos em educação, tendo as escolas e universidades os principais alvos, trabalhado com noções de cidadania, e pontualmente deve conscientizar a população sobre a importância dos idosos, tanto na estruturação familiar quanto na importância para o mercado produtivo. Implantada essas medidas, o próximo passo, e não menos importante, é promover discussões a fim de garantir os direitos e abrir canais para divulgação dos avanços e conquistas da sociedade inclusiva.

    ResponderExcluir